Dia 14 de Novembro de 2011, foi esse o meu último dia no IST. Foi um capítulo longo, mas posso garantir-vos que valeu a pena. Nem sempre foi fácil e por vezes tive muita vontade de ir pelo caminho mais fácil ou seja, desistir. Nessas alturas agarrava-me a uma certeza, ter um canudo do IST é ter futuro. Sabia que não estava ali a fazer algo em vão ou a cumprir calendário, estava realmente a garantir esse futuro. Entrei no mercado de trabalho em plena crise económica mas mesmo assim e como muitos dos meus colegas do meu ano e de anos anteriores, arranjei trabalho facilmente. Acabei por não ir para muito longe. A bem da verdade atravessei a estrada para ir trabalhar para a Movensis, uma das muitas PMEs que se encontram no Taguspark. Devo ser honesto, pensei que seria um choque enorme começar a trabalhar, tal como foi o de vir para o IST, mas não foi. O facto é que o IST prepara-nos para o mercado de trabalho de uma forma excepcional sem que muitas das vezes nos consigamos dar conta disso. Nestes últimos meses tenho apercebido que mais do que electrónica, no IST aprendi a aprender, a contornar problemas e inventar soluções. E é isso mesmo o meu trabalho.

 

Na Movensis sou o único engenheiro electrónico, sendo que os meus restantes colegas são na sua maioria de LEIC e LERC e como tal tenho a responsabilidade de desenvolver o hardware à medida das suas necessidades. Este desenvolvimento passa pelo desenho e assemblagem de PCB, escolha dos componentes necessário para tornar a solução mais competitiva possível e a programação de baixo nível caso a solução possua algum microprocessador. Mais concretamente dei seguimento aos trabalhos de antigos colegas de electrónica que me precederam na Movensis no que toca a soluções de pagamentos móveis para máquinas de venda bem como o desenvolvimento de raiz de soluções com o cartão do cidadão. Todas estas áreas eram-me novas e eu não possuía conhecimento específico para as abordar, mas posso-vos garantir uma coisa, se consegui aprender, desenvolver e implementar todas estas soluções foi por uma única razão, foi porque estudei no IST.

 
 
 
 
Joomla template by Joomlashine.com