Considero-me um sortudo por ter escolhido fazer a licenciatura e posteriormente o mestrado em Engenharia Electrónica no IST. Dois factores foram preponderantes durante o meu percurso académico. O primeiro foi o IST que proporcionou condições excepcionais para o ensino de Engenharia Electrónica no campus do TagusPark, nomeadamente laboratórios novos e muito bem equipados. O outro factor e não menos importante foi o bom espírito académico que o curso tradicionalmente vive.Mesmo com algumas dificuldades que me obrigaram a ser trabalhador estudante durante dois anos, o companheirismo e a entre ajuda dos colegas foram fundamentais para ultrapassar todos os obstáculos, fazendo-me crescer como pessoa e como engenheiro electrónico.

 

Em Setembro de 2011 terminei a tese de mestrado na área de microelectrónica para rádio frequências, e por consequência concluí o mestrado. Recebi algumas propostas de emprego, no entanto, foi o trabalho que até então desenvolvera na tese de mestrado que mais me cativou. Decidi especializar-me ainda mais, entrando para o doutoramento em Engenharia Electrotécnica e Computadores do IST. Neste momento estou a desenvolver uma tese em microelectrónica para radio frequências, mais precisamente em amplificadores de potência CMOS para comunicações sem fios.

Poderia ter ido trabalhar nesta mesma área para empresas fora do país, no entanto, a possibilidade de ficar em Portugal, a autonomia que um doutoramento exige e a possibilidade de criar os meus próprios horários e rotinas, não me fazem arrepender nem um segundo sobre o caminho que tomei. Num futuro próximo acredito que o grau de doutorado irá permitir--me entrar mais facilmente em unidades de investigação das melhores empresas da área de microelectrónica.

 
 
 
 
 
Joomla template by Joomlashine.com